Como fotografar fogos de artifício

 

Com a virada do ano se aproximando, muitas pessoas aproveitam para registrar as festividades. Confira nossas dicas para não ficar na mão e descubra como fotografar fogos de artifício.

Equipamento

Antes de mais nada, recomendo o uso de um tripé, já que você não vai querer ficar limitado a baixos tempos de exposição. O tripé impede que sua câmera se mova durante as fotos e resulte em imagens borradas. Um controle remoto também é recomendado pelo mesmo motivo (evita que a câmera trema ao apertar o botão). Não há uma lente certa para fotografar fogos, pois isso varia de acordo com a abertura desejada para as fotos e distância do fotógrafo. Sugiro lentes com zoom pela sua versatilidade (minha escolha pessoal é uma 55-200).

Como fotografar fogos de artifício

Preparação

Chegue cedo. Um bom lugar é importante, já que você não quer ser bloqueado por uma cabeça ou uma árvore na hora das fotos. Com lentes mais abertas, a escolha do local também pode servir para compor o cenário das fotografias. Certifique-se de que há bateria na câmera e espaço no cartão de memória (aliás, nunca me arrependi de carregar baterias e cartões sobressalentes para onde quer que seja). Tente conseguir uma boa posição em relação ao vento para que a fumaça que sai dos fogos não entre no caminho da sua foto.

Fotografia de fogos

As fotos

Para começar, desligue o flash. Isso pode parecer óbvio para alguns, mas não custa lembrar. Um longo tempo de exposição será necessário, pois o ideal é fotografar durante toda a duração da explosão. Para isso, verifique se a sua câmera tem o modo BULB, no qual você pode selecionar o tempo de exposição segurando o botão pelo tempo que quiser. Como na maioria dos casos, o ideal é fotografar na melhor qualidade possível (ou seja, RAW).

Utilize um ISO baixo (recomendo 100 ou 200) para evitar imagens borradas. Não há problema em fazer isso, já que o tempo de exposição será longo). Sobre o balanço de brancos, evite o automático, que irá deixar as cores dos fogos acinzentadas. Normalmente o modo daylight (luz do dia) faz um bom trabalho em capturar as cores fielmente. Por fim, utilize o foco manual (sim, isso mesmo) e próximo do infinito, já que a opção de foco automático irá buscar pontos focais durante a noite inteira, causando atraso nas fotos e gastando a bateria da câmera.

Fogos de artifício

Lembre-se que fotografar fogos de artifício requer prática e paciência. É importante não desanimar se as primeiras fotos não ficarem tão boas. Boas festas e bons cliques!

Written by

Designer e fotógrafo. Entusiasta de qualquer coisa que envolva criatividade e aventureiro nas horas vagas.

Nenhum comentário

Deixe um comentário